SOBRE O CIRCO CRESCER E VIVER:

         O Circo Crescer e Viver completa 14 anos em 2017, e tem muito a comemorar. Desde sua primeira semente, surgida dentro da Escola de Samba Porto da Pedra, em São Gonçalo, com o projeto Pequeno Tigre, até 2017, muitas coisas aconteceram e hoje, com uma lona permanente desde 2003 no coração da Praça Onze, une arte e transformação social em seu picadeiro.  O Circo Crescer e Viver é uma organização que iniciou seu trabalho com circo social, expandiu seus projetos e atividades e transformou-se em uma das mais expressivas instituições do circo brasileiro. Desenvolvendo ações nos campos da formação, produção, difusão e fruição das artes circenses, o Circo Crescer e Viver é hoje um empreendimento com atuação em todos os elos da cadeia produtiva, assumindo uma posição de vanguarda na renovação estética e na atualização criativa das artes circenses no Brasil. Além da Escola de Circo, com o Programa de Formação do Artista de Circo (PROFAC) e Programa de Circo Social, o Circo Crescer e Viver é um grande realizador e produtor de grandes eventos como o Festival Internacional de Circo do Rio de Janeiro, um dos maiores festivais do gênero no mundo, só perdendo para a Biennale Internationale Des Arts Du Cirque (Marseille/França),  e diversos espetáculos consagrados pelo grande público e é também um dos quatro Polos Cariocas de Circo do Rio de Janeiro.

Mostra do Programa de Formação do Artista de Circo (PROFAC) - Foto: Igor Keller

Mostra do Programa de Formação do Artista de Circo (PROFAC) – Foto: Igor Keller

          O Festival Internacional de Circo do Rio de Janeiro teve sua primeira edição em 2012, e com o tema “Paz & Alegria” nas comunidades do Rio levou o Circo à várias favelas da cidade. Em 2014, a segunda edição atingiu cerca de 250 mil pessoas e gerou mais de mil empregos diretos e indiretos, com o tema “Imagine Circo em todo Canto da Cidade”. Em 2015, ganhou uma edição especial em comemoração aos 450 anos, à convite da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e da Secretaria Municipal de Cultura, patrocinadores master do festival, com o tema “Eu Rio”. Em 2016, a 4ª edição também mobilizou público de todas as idades levando, como de praxe em todas as edições, companhias e artistas nacionais e estrangeiros em vários cantos da cidade, beneficiando, mais uma vez, milhares de pessoas que puderam assistir algumas das melhores companhias nacionais e algumas internacionais. O tema da 4ª edição foi “O Rio é o Mundo”.

Marcílio e Vanessa em "Epitelial", com a Escola de Circo Crescer e Viver, no Teatro Ziembinski, dentro da programação do 4º Festival Internacional de Circo do Rio de Janeiro - Novembro de 2016. Foto: Robson Sanchez

Marcílio e Vanessa em “Epitelial”, com a Escola de Circo Crescer e Viver, no Teatro Ziembinski, dentro da programação do 4º Festival Internacional de Circo do Rio de Janeiro – Novembro de 2016. Foto: Robson Sanchez

          O Circo Crescer e Viver é também grande realizador e produtor de espetáculos de Circo, contando com nove produções:

“Vida de Artista – A arte de construir um espetáculo” (2006) – Direção de Alice Viveiros de Castro;

“Univvverrsso Gentileza” (1ª Montagem – 2008 e segunda montagem 2012) – Ambas com Direção de Gamba Junior;

“Baião” (2009) – Direção de Ernesto Piccolo; 

“Passos” (2011) – Direção de Cláudio Baltar;

“Porto” (2014) – Direção de Boris Vecchio e codireção de Vinicius Daumas;

“Febril” (2014) – Direção de Luis Igreja;

“Gira” (2015) – Direção de Luis Igreja;

“Rastros” (2016) – Direção de Renato Rocha e codireção de Vinicius Daumas.

           Um dos projetos do Circo Crescer e Viver, a Residência de Criação e Montagem  fez tanto sucesso que acabou servindo de modelo para a construção de um programa de fomento da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e da Secretaria Municipal de Cultura, os Polos Cariocas de Circo. O Circo Crescer e Viver é um dos cinco Polos Carioca de Circo. O Projeto de Residência de Criação e Montagem do POLO CARIOCA DE CIRCO CRESCER E VIVER é uma proposta artístico-cultural inovadora que busca investir recursos financeiros, materiais e humanos no desenvolvimento das novas gerações de artistas, coletivos, grupos e companhias de circo, oferecendo espaço-tempo de capacitação e treinamento; pesquisa e experimentação; criação, modelagem, montagem e apresentação de espetáculos circenses. Como também espaço-tempo para ensaios de companhias de dança e teatro e possibilidades de desenvolvimento de habilidades circenses para artistas de dança e teatro aprimorarem seus repertórios de criação.

Para conhecer todos os projetos artísticos e de produção do Circo Crescer e Viver e os programas da Escola (Programa de Circo Social  e Programa de Formação do Artista de Circo/PROFAC), acesse o site: www.crescereviver.org.br

Festival de Circo: www.festivaldecirco.com.br