Foto: O artista da Residência Artística do Circo Crescer e Viver, Luis Leal clicado por Marcelle Tauchen

O Circo Crescer e Viver levou sua expertise em Residência Artística ao Seminário Funarte de Residências Artísticas, que acontece entre 4 e 6 de novembro, realizado pela Fundação Nacional das Artes (FUNARTE) em sua sede, no centro do Rio de Janeiro. Nesta terça-feira, Lívia Simas, produtora, e Paula Maracajá, educadora, do Circo Crescer e Viver, e diretora artística do mais recente módulo, falam sobre o projeto de “Residência de Criação e Montagem”, uma proposta artístico-cultural inovadora que busca favorecer as novas gerações de artistas e grupos cariocas. O projeto de Residência do Circo Crescer e Viver tem impactado o campo das artes cênicas através da atualização das tradições do circo, tendo como foco a linguagem e a organização do espetáculo. 

Lívia Simas e Paula Maracajá participaram do Laboratório de Experiências: “O processo criativo, a experimentação e a troca”, que aconteceu na sala Sidney Muller, da Funarte, no Edifício Capanema, nesta terça-feira, 4/11, das 14h30 às 16h30. Participaram ainda da Mesa, Eduardo Rosa, do Coletivo Construções Compartilhadas e Beatriz Lemos, do Pedregulho Residências Artísticas. 

O projeto “Residência de Criação e Montagem”, é uma proposta ousada do Circo Crescer e Viver que aposta na interação entre as novas gerações de artistas e experientes criadores dos mais variados seguimentos. Isso porque acredita na potencialidade da troca e na abertura de espaços voltados a capacitação, pesquisa e ampliação dos repertórios. O projeto de “Residência de Criação e Montagem” do Circo Crescer e Viver tem parceria do Sesi Cultural, Sistema Firjan e do Sebrae e Patrocínio da Prefeitura do Rio e da Secretaria Municipal de Cultura.

Seminário Funarte de Residências Artísticas terá uma gama variada de eventos nos 3 dias de realização: apresentações, estudos de casos, mesas de debates e trocas de experiências, de natureza prática e teórica, sobre o fenômeno das residências artísticas. O evento tem como público-alvo artistas, pesquisadores e gestores culturais, e contará com a participação de diversos grupos e organizadores de residências de todo o país, representantes governamentais e da Embaixada da França (Brasília), Jean Paul Rebaud.

Foto: Luis Leal, Bruno Carneiro e Cecília Viegas, que participaram do mais recente módulo de Residência do Circo Crescer e Viver, que teve ainda Mafê Vieira. Ao microfone, Paula Maracajá, diretora artística do módulo e Livia Simas. Foto: Marcelle Tauchen

Foto: Luis Leal, Bruno Carneiro e Cecília Viegas, que participaram do mais recente módulo de Residência do Circo Crescer e Viver, que teve ainda Mafê Vieira. Ao microfone, Paula Maracajá, diretora artística do módulo e Livia Simas, produtora do Circo Crescer e Viver. Foto: Marcelle Tauchen

Para saber mais, visite o Site da Funarte

SERVIÇO:

Seminário Funarte de Residências Artísticas

De 4 a 6 de novembro de 204

Participação do Circo Crescer e Viver com Lívia Simas e Paula Maracajá no Laboratório de Experiências: “O processo criativo, a experimentação e a troca”, na sala Sidney Muller, da Funarte, nesta terça-feira, 4/11, das 14h30 às 16h30

Sala Funarte Sidney Miller
Rua da Imprensa nº 16, Centro
Rio de Janeiro (RJ)   

Programação completa do Seminário, clique aqui

O Circo Crescer e Viver tem Patrocínio do Governo do Rio de Janeiro, da Secretaria de Estado de Cultura, da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, da Petrobras, da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, da Secretaria Municipal de Cultura, do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), da Wartsila e apoio da ABC Trust. Coral Tintas e Capézio também são apoiadores do espetáculo Febril. Realização: Circo Crescer e Viver.