Direção: Cláudio Baltar

Apresentação:

Para expandir a possibilidade do olhar

Sob a direção de Cláudio Baltar, Passos é a quarta grande produção do Crescer e Viver, e mostra a maturidade e a ousadia da companhia, trazendo para a cena a contemporaneidade do circo. Inspirado nas obras do holandês Escher, é a representação estética da diversidade de caminhos e percursos . Nascido do próprio nome, Passos é um espetáculo circense que conduz à idéia da busca de novos rumos a seguir, gerando deslocamentos e criando a coragem para correr riscos e partir para os próximos passos.

Sinopse:

Passos é a representação estética das diversas etapas, oportunidades, escolhas, encontros e desencontros, relacionamentos, ciclos que começam e terminam para recomeçar em seguida, que dão forma a vida como um lugar de passagem…

Uma cigana, um andarilho, um sonhador, um fugitivo, uma exilada, um marinheiro, um mensageiro, um retirante, um estudioso, uma apaixonada e uma insatisfeita, são os personagens que, passo a passo, viajam no universo imaginário do circo. Sem preocupações ou objetivos de chegar em algum lugar, eles valorizam os caminhos e a busca, que significam os seus percursos.

E assim, os personagens de Passos, caminham simultaneamente em diferentes planos, se deslocando em metamorfose e estabelecem relações com aparelhos singulares e movimentações coreográficas inspiradas nas obras do artista holandês Escher.

Passos utiliza a força poética do Circo – onde o caminho árido e difícil para o artista não é um obstáculo para ele seguir adiante… transformando sua dor em êxtase, em prol do sonho que se realiza quando acendem as luzes da ribalta e ele apresenta ao respeitável público o seu corpo, destreza e coragem transformados em arte.

Confira a galeria que fizemos no Flickr!

 

Vídeo: