O Circo No Ato surge dentro da Escola de Circo Social do Crescer e Viver a partir do processo de criação do espetáculo “Um dia de João”, pelo reconhecimento de uma afinidade artística conquistada no trabalho. O coletivo ambiciona incidir sobre a cena circense carioca, sendo a primeira companhia de circo numerosa a surgir na cidade nos últimos 25 anos e no seu curto tempo de existência se propôs a abraçar todas as possibilidades de atuação e até mesmo inventou seus próprios espaços para a ação.

Formado por 12 artistas que atuam com diversas técnicas circenses, o grupo vêm desenvolvendo ao longo dos últimos dois anos atividades relacionadas a criação e circulação de espetáculos de circo para espaços fechados e públicos, realização de Cabarés de variedades em espaços públicos e em eventos privados e oficinas de circo. Os integrantes trazem ainda uma bagagem cultural anterior com formação em áreas como teatro, dança, direção, jornalismo e economia, contribuindo para uma identidade artística plural e múltipla.

Em dois anos de existência, o Circo no Ato construiu um repertório composto por três espetáculos. Um dia de João, que já realizou mais de 100 apresentações, Febril, que conta com a coprodução do Crescer e Viver e o Cabaré Circo no Ato, que se mantém como um local de pesquisa continuada. No ano de 2015 o grupo dá início ao processo do projeto Sincronicidade que começa começa com uma Residência Artística na Central del Circ, em Barcelona, em setembro e outubro de 2015, e tem como resultado final o novo espetáculo de repertório, com estréia prevista para o primeiro semestre de 2016.

Com esses trabalhos de repertório, o Circo no Ato realizou uma extensa circulação no estado do Rio de Janeiro e na capital, tendo visitado em sua maioria, cidades com pouco acesso à cultura e bairros da capital fora do eixo Centro-Zona Sul. Integrou a programação de festivais como: Festival Internacional de Circo do Rio de Janeiro, Festival Sesc de Circo em São Paulo, FIL – Festival Intercâmbio de Linguagens no Rio de Janeiro, Festival Paulista de Circo, Festival de Circo de Campo Mourão, Paraná, Anjos do Picadeiro, Rio de Janeiro, entre outros.

O Circo no Ato foi contemplado com o Prêmio Carequinha/Funarte em 2013, para a realização de uma circulação de rua por 10 cidades do estado do Rio de Janeiro. Foi vencedor da Mostra Competitiva de Circo do FIl em 2014 e contemplado com o Viva a Cultura!, fomento direto da Secretaria de Cultura do Rio de Janeiro em 2015, para a criação do novo espetáculo de repertório da companhia.

** O texto acima foi compilado do site do Circo no Ato

Veja também:

Circo no Ato,  que encerrou residência no Crescer e Viver, falou sobre a experiência

Confira os outros Polos Cariocas de Circo:

Polo Carioca de Circo – Circo Up Leon

Polo Carioca de Circo – Polo Benjamin – Teatro de Anônimo

Polo Carioca de Circo – Grupo Off-Sina

O Polo Carioca de Circo – Circo Crescer e Viver tem o patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, da Secretaria Municipal de Cultura, parceria da Archaos e Rio Criativo. Realização: Circo Crescer e Viver. 

O Circo CRESCER E VIVER tem Patrocínio do Governo do Rio de Janeiro, da Secretaria de Estado de Cultura, da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, da Petrobras, da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, da Secretaria Municipal de Cultura, do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), da Hope Serviços e apoio da ABC Trust, da Rise Up & Care e da Vertical Rigging Solutions.