Companhia de circo formada por artistas com deficiência apresenta, em sua estreia no picadeiro, espetáculo inspirado nas obras de Shakespeare 

“Parada Shakespeare” estreia dia 6/9, no Circo Crescer e Viver

Composta por artistas com e sem deficiência, a Cia iLtda apresenta, nos dias 6, 13, 14 e 20 de setembro  de 2016, o espetáculo “Parada Shakespeare”. Recém criada, a trupe irá realizar números de trapézio, lira, perna de pau, equilíbrio e acrobacias, provando que é possível superar limites por meio da arte. No âmbito da celebração dos 400 anos de morte do bardo, a montagem fará referência a obras consagradas do autor inglês, como “Romeu e Julieta”, “Hamlet”, “A megera domada”, “A Tempestade” e “Ricardo III”. Com entrada gratuita, as apresentações acontecem na lona do Circo Crescer e Viver, na Praça Onze.  O grupo foi mobilizado pelo CRESCER E VIVER e a People’s Palace Projects e a iniciativa faz parte do projeto “Circo Sem Limites” e do “Polo Carioca de Circo CRESCER E VIVER”ambos com patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, da Secretaria Municipal de Cultura, cuja verba é decorrente do edital do “Programa de Fomento Olímpico” e do “Programa Viva a Arte”.

Evento no Facebook

O espetáculo tem direção do Diretor Artístico do Circo CRESCER E VIVER, Vinicius Daumas e Codireção do Diretor da Cia EnvieZada, Zé Alex. A supervisão artística é da Diretora do Graeae Theatre Company, Jenny Sealey, que também dirigiu a Cerimônia de Abertura dos Jogos Paralímpicos de Londres 2012. A ficha técnica conta ainda com Daniel Gonzaga à frente da trilha sonora e Denise Bernardes na direção de arte.

Tanto o espetáculo quanto a companhia são frutos da parceria entre o Circo CRESCER E VIVER, a People’s Palace Projects, a Graeae Theatre Company e o British Council, que foi iniciada em 2013. Parte deste elenco iniciou sua formação circense no Circo CRESCER E VIVER e depois de quase três anos, se lança no desafio de criar a primeira cia de circo com pessoas com deficiência. “Lançamo-nos, mais uma vez, para inovar. Mas, desta vez, fortalecendo ainda mais estes artistas, que há muito tempo já conhecem a palavra superação e desafio, tão inerentes às artes do circo. O espetáculo é lindo, poético e é de circo!”, comemora o diretor Vinícius Daumas.

De acordo com o co-diretor Zé Alex, todo o processo foi feito a partir de improvisações com a técnica do View Points (pontos de vista), que busca abrir a percepção dos atores para que eles estejam presentes no momento e possam compor cenas interessantes, usando de formas, gestos, posicionamento no espaço, relações com o espaço e com a arquitetura, ritmos e suas variações. “Tudo isso são ferramentas para capacitarmos os atores – neste caso, artistas circenses – para que todos tivessem uma mesma referência e uma mesma potência cênica para essa improvisação. O View Points traz para os artistas com e sem deficiência, vários pontos de vista que os ajudam a jogar, improvisar e compor cenas juntos”, explica.

Paul Heritage, fundador e diretor da People´s Palace Projects, vibra com o “encontro” de Shakespeare com o circo: “Shakespeare teria adorado o circo! Ele não só escreveu alguns dos maravilhosos palhaços para seus atores cômicos, como também se deleitava em colocar suas personagens em situações de extremo risco. Hamlet caminha em uma corda-bamba arrepiante, Julieta se balança em um trapézio desafiador, MacBeth engole o fogo da profecia das bruxas, enquanto Cleópatra mantém os pratos de Antônio e Júlio Cesar rodando freneticamente”. Para ele, é possível encontrar emoções, quedas, sangue, suor, lágrimas e risos ao longo das peças do bardo. “É isso que a Cia iLtda nos traz com sua reinterpretação apaixonada, bem humorada, audaciosa e ousada de algumas das peças e personagens mais amadas de todo o mundo”, completa. 

Além da formação artística, a trupe receberá assistência e capacitação na formulação e gestão de projetos oferecidos pelo Rio Criativo, que também aderiu à parceria. Os artistas formalizarão a criação da Cia iLtda abrindo sua própria empresa na perspectiva de se tornarem autônomos. Paralelamente, receberão toda uma programação visual e um vídeo-release para a apresentação e venda do seu espetáculo.

Ainda no mês de setembro, a Trupe fará uma apresentação especial na British Paralympic House, no dia 8, somente para convidados.

Sobre a Cia iLtda

Apresentados pela People’s Palace Projects e The British Council, Vinicius Daumas, diretor do Circo Crescer e Viver e Jenny Sealey, diretora do Graeae Theatre de Londres, iniciaram em 2014 a preparação de 10 artistas com diversos tipos de deficiência para criarem um espetáculo que seria lançado em Londres, Rio e SP, em festivais. Os ensaios iniciaram no Circo Crescer e Viver e terminaram em Londres, culminando no espetáculo “Belonging”, que estreou em abril no Circus Fest 2014, Roundhouse. Ainda no mesmo ano, o espetáculo foi encenado na Cidade das Artes durante o 2º Festival Internacional de Circo do Rio de Janeiro e no Circos – Festival Internacional SESC de Circo, em São Paulo. Essa iniciativa foi produzida pela People’s Palace projects e pelo Circo Crescer e Viver em parceria com o British Council. Três dos artistas: Viviane, Sara e Marcos, apaixonados pelo circo,  decidiram expandir essa experiência e se inscreveram no edital da Residência do Circo Crescer e Viver, enquanto a People’s Palace Projects, visando a continuidade do projeto, ganhou o edital da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.  Esses dois movimentos resultaram na criação da Cia iLtda, uma das primeiras companhias circenses do país com pessoas com deficiência. O elenco é formado por: Alan Pagnota, Ana Luiza Faria, Jhonatas Narciso, Marcos Paulo, Marina Ohlavrac, Maycow Ribas, Rafael Ferreira, Sara Bentes, Tayane Almeida e Viviane Macedo.

Sobre o Circo Crescer e Viver

Circo Crescer e Viver une arte e transformação social em seu picadeiro. Uma organização que, em mais de dez anos de atividade ininterrupta, iniciou seu trabalho com circo social, expandiu seus projetos e atividades e se transformou em uma das mais expressivas instituições do circo brasileiro. Desenvolvendo ações nos campos da formação, produção, difusão e fruição das artes circenses, o Circo Crescer e Viver é hoje um empreendimento com atuação em todos os elos da cadeia produtiva, assumindo uma posição de vanguarda na renovação estética e na atualização criativa das artes circenses no Brasil. http://crescereviver.org.br 

Sobre a People’s Palace Projects

Em seus 15 anos de história, a PPP realiza diversos projetos nos campos da arte, direitos humanos e justiça social. Através de projetos que envolvem intercâmbios culturais, oficinas, fóruns, seminários, festivais e publicações, a PPP busca a difusão de melhores práticas em tecnologias sociais no Brasil e no Reino Unido, fortalecendo o vínculo cultural entre os dois países. 

Sobre o Shakespeare Lives

O programa global Shakespeare Lives relembra os 400 anos da morte de William Shakespeare com uma série de eventos e atividades que celebram a vida e a obra do dramaturgo britânico ao longo do ano de 2016. O projeto, liderado pelo British Council, faz parte da campanha GREAT do governo britânico. No Brasil, o programa incluiu a Casa Shakespeare em Paraty, durante a Flip, o maior festival literário do Brasil, além de apresentações de espetáculos teatrais baseadas em clássicos, como “Macbeth” e “A Tempestade”, exibições de filmes inspirados em sua obra em parceria com o British Film Institute, ciclos de debates e materiais para professores e alunos do ensino básico. O legado de Shakespeare também é tema da campanha educacional online Play Your Part e de atividades na British House, a casa britânica no Rio de Janeiro durante os Jogos Olímpicos. 

Sobre o British Council

O British Council é a organização internacional sem fins lucrativo do Reino Unido para relações culturais e oportunidades educacionais. Seu trabalho busca estabelecer a troca de experiências e criar laços de confiança por meio do intercâmbio de conhecimento e de ideias entre pessoas ao redor do mundo. A organização, que está presente em mais de 100 países, trabalha com diferentes parceiros, como diversas instâncias de governos, organizações não governamentais e iniciativa privada, em ações relacionadas à promoção da língua inglesa, de cultura, artes, educação e programas sociais. Informações: www.britishcouncil.org.br

FICHA TÉCNICA:

Direção Geral: Vinicius Daumas

Codireção: Zé Alex (Companhia EnvieZada)

Supervisão Artística: Jenny Sealey (Graeae Theatre)

Direção de Produção: Raquel Roldanus-Dias

Direção Musical e Trilha Sonora Original: Daniel Gonzaga

Direção de Arte: Denise Bernardes

Figurinista: Rafaela Rocha

Cenógrafas: Gaia Catta e Lia Maia

Elenco: Alan Pagnota, Ana Luiza Faria, Jhonatas Narciso, Marcos Paulo, Marina Ohlavrac, Maycow Ribas, Rafael Ferreira, Sara Bentes, Tayane Almeida e Viviane Macedo

Intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras): Renato Landim e Jhonatas Narciso

Intérprete Língua Britânica de Sinais (BSL): Jude Mahon

Produção Executiva: Lívia Simas e Kaoê Catão

Coordenação de Comunicação: Christine Keller

Preparadores e criadores de Artes Circenses: Rodrigo Garcez, Wanderson Duarte e Washington Duarte

Composição da Música “Tempestade”: Sara Bentes

Designer de Som: Leandro Lobo (Quintal da Idéia)

Operador de Som: Nathan dos Santos

Iluminador: Pablo Cardoso

Fotografia: Juliana Chalita e Wembley To Soweto (Allan Anjo, Douglas Durate, Felipe Bertuce, João Paulo Lima, Joshua Campbell, Karina Cosme Carvalho, Leandro Pedro da Silva, Lorran Dobrzenski, Mayara Caetano, Pedro Henrique da Silva, Shawdon Smith e Vanessa dos Santos Costa)

Vídeo: Pontes Comunicação (Roberto Pontes) e Arte e Aliança Criativa (Tuna Mayer)

Projeto e Concepção Visual e Gráfica: Patrícia Façanha

Assessoria de Imprensa: RPM Comunicação – Érica Avelar e Diana Cavalcanti

Realização: People´s Palace Projects e Circo Crescer e Viver

Patrocínio: Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura

Parceria: British Council e Shakespeare Lives

Apoio: Graeae Theatre Company, Archaos e Rio Criativo

SERVIÇO:

“Parada Shakespeare”, com Cia iLtda

Dias 6, 13, 14 e 20 de setembro de 2016

Horário: 20h

Local: Circo Crescer e Viver

Endereço: Rua Carmo Neto, 143 – Praça Onze – Centro/RJ

Entrada gratuita (Abertura do portão uma hora antes para retirada de senha)

Classificação etária: Livre (Menores de 18 anos devem estar acompanhados de um responsável legal)

Capacidade: 240 pessoas

Informações (21) 3972-1391 / http://crescereviver.org.br

A apresentação do dia 20/9 contará com áudio-descrição

MAIS INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA:

RPM Comunicação

Érica Avelar – erica@rpmcom.com.br – (21) 3478-7437 /

Eflyer – Foto: Lorran Dobrzenski/ Wembley to Soweto; Arte do Eflyer: Patrícia Façanha

Eflyer – Foto: Lorran Dobrzenski/ Wembley to Soweto; Arte do Eflyer: Patrícia Façanha